O kama sutra católico

O que acontece quando um monge franciscano de Varsóvia resolve publicar um manual de sexo para os casais tementes à deus? Ele vende centenas de milhares de cópias, obtém a aprovação da Igreja, e o livro ganha traduções em inglês, italiano e eslovaco. O livro foi produzido dentro do melhor conceito best-seller, com uma inscrição enorme e vermelha de “Seks” na capa, e embaixo, em letras miúdas, “para casais que amam à deus”.

A capa da edição polonesa

A capa da edição polonesa

O autor, um padre franciscano chamado Ksawery Knotz, andou um tanto ocupado ultimamente explicando como obtve as informações necessárias para escrever o tal livro. Segundo ele, toda a informação foi obtida de forma indireta, graças às longas conversas mantidas com casais católicos que pediam sua orientação.

O teor do livro oscila surpreendentemente entre o catecismo a literatura erótica, sem entretanto chegar a ser chulo : “Todo ato – uma carícia, uma posição sexual – com o objetivo de proporcionar prazer é bem visto por deus. Durante a relação sexual, os casais podem demonstrar seu amor de qualquer forma, mesmo com as carícias mais ousadas. O estímulo manual ou oral é válido.”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: