Epidemia de vício em heroína no Afeganistão

Enquanto mundo festeja o fechamento da prisão de Guantánamo, a retirada das tropas americanas do Iraque e a habilidade de Barack Obama para matar moscas(?), a produção de ópio e heroína cresce no afeganistão. Segundo dados do Escritório das Nações Unidas contra Drogas e Crime (UNODC), o país do oriente médio é responsável por 92% da produção mundial de ópio. A grande oferta, aliada ao tédio de se viver num buraco de areia esquecido pelo mundo, acabaram causando uma epidemia de vício em heroína pelas ruas de Cabul.

 

heroína 1

Mendigos vagam às centenas entre os escombros da cidade de Cabul, em busca do próximo pico.  A  toxicomania dos habitantes locais tem preocupado o Pentágono. O exército americano registra em sua história recente várias epidemias de uso de drogas entre os soldados. Durante a guerra do Vietnã, aquele país chegou à se tornar o maior produtor mundial de heroína. O Blog do Batman se solidariza com a situação de miséria, desespero e terror dos soldados e civis daquele país.    

     heroína 3

 

Outro grande problema é que, devido o caos constante na qual a região está mergulhada à mais de cinquenta anos, grande parte da mercadoria ilegal consegue ser contrabandeada para destinos, muito mais lucrativos que que Cabul com facilidade extrema. Tal fenômeno ocasiona temporadas sazonais de vício em heroína na Europa e Estados Unidos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: