Chile também estuda legalização da Maconha

A recente onda liberalizante pela qual passam os países da América Latina fez sentir seus efeitos até mesmo na terra de Pinochet. Na última quinta feira, jornalistas da agência EFE perguntaram à  diretora do Conselho Nacional para o Controle de Entorpecentes chileno (Conace), María Teresa Chadwick sobre o tema. Ela respondeu que, de fato, o órgão estuda uma proposta de mudança na legislação que permitiria o uso e o porte da maconha.

conace

Percebendo o óbvio, a diretora declarou que “Com esta iniciativa, poderíamos descriminalizar o consumo sem legalizar as drogas. É importante que todos os países modifiquem suas legislações para que os consumidores não venham parar nas prisões, já que é preciso separar o consumo do tráfico”.

O CONACE chileno representa algo como o nosso PROERD, só que  com mais poderes institucionais, pois não se trata de um mero programa. Mesmo com a boa vontade da manda-chuva, a legalização da ganja parece uma realidade distante no Chile.  Ao contrário de outros países da região, como a Argentina, o Chile é conhecido por sua política intransigente e conservadora no combate às drogas; e mesmo a maioria da população está longe de ser “marijuana-friendly”. De qualquer forma, a declaração da diretora reflete uma abertura ao debate dessas questões, o que é altamente positivo.

mono.conace

Acima, uma amostra do tipo de publicidade preconceituosa usada pelo CONACE chileno no combate à marijuana, que se apóia no velho clichê da associação entre uso de maconha e baixa inteligência.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: