Arquivo para corrupção

DECRETADA PRISÃO PREVENTIVA DE ARRUDA

Posted in ??????? with tags , , , , on 11/02/2010 by blogdobatman

Há cerca de 20 minutos, o STJ decretou oficialmente a prisão preventiva do ladrão. Agora, é torcer para ele não chorar e acabar solto. Além de Arruda, outros cinco deliqüentes deverão ir para a cadeia. O que motivou a prisão do safado foi a tentativa de suborno do jornalista Edson Sombra, que deporia para a PF sobre os vídeos de Durval Barbosa.

O ministro Fernando Gonçalves, relator do inquérito da Operação Caixa de Pandora, acatou o pedido da subprocuradora Geral da República Raquel Dodge pedindo a prisão do governador, do ex-deputado Geraldo Naves, do ex-secretário de Comunicação do DF Wellington Morais, do diretor de Operações da Centrais Elétricas de Brasília, Haroaldo Brasil de Carvalho, e de Rodrigo Arantes, sobrinho e secretário particular de Arruda.

O cara que foi pego entregando a propina ao Sombra, Antônio Bento, já está preso. Ele trazia uma sacola com cerca de R$ 200 mil, que seriam entregues para fazer com que Edson disesse que houveram montagens nos vídeos de Durval. Ele foi pego em flagrante pela PF graças à uma denúncia do próprio Sombra.

Manifestação do Fora Arruda fecha o Eixo Monumental (10/02)

Posted in ??????? with tags , , , , , , on 10/02/2010 by blogdobatman

Dito e feito. Conforme prometido, o Fora Arruda não ficou só no rock’n roll tolo. João Gordo achou que poderia se utilizar impunemente do movimento para promover seu novo programa de tv, e ainda pagar de politizado. Imaginem vocês a cara do artista quando o povo começou a gritar “gordo vem pra pista! gordo vem pra pista!”, alguns momentos após ocupar todas as seis faixas do Eixo Monumental. Ao invés de utilizar o movimento, o Gordo teve parte de sua platéia “cooptada” para um ato espontâneo contra o Arruda.

A rebeldia da galera não ficou contida às estéreis rodinhas punks e aos xingamentos saídos do trio elétrico. Na primeira oportunidade, a massa se rebelou, e por volta das seis horas da tarde, o Eixo Monumental estava ocupado, em toda a sua largura. Mais um pouco, e o povo achou que era hora de ir descendo. A massa de mais de mil pessoas foi, ao som das palavras de ordem e da batucada, até a rodoviária, onde foi recebida uma grande quantidade de pessoas.

De lá, a galera foi (sempre na contramão) atrapalhando motoristas, que mesmo assim insistiam em apoiar o movimento e  protestar contra o Arruda e o P.O. com suas buzinas, até o STF. Além do velho e bom “okupa e resiste”, a galera gritou também coisas do tipo “ô seu ministro, presta atenção, vê se não solta mais esse ladrão” e “gilmar mendes, vai se foder, foi você quem liberou o P.D.O.T.” Antes das 10 da noite tudo já estava terminado.

Como o ato foi espontâneo, praticamente não haviam bandeiras de partidos nem de centrais sindicais. Havia apenas uma grande faixa escrito “sem partido”, e que talvez represente melhor a galera que vem construindo o movimento ao longo do tempo.

Amanhã este blog deve levar ao ar um vídeo com os principais momentos do ato. Ao contrário do que vinha acontecendo, a manifestação quase não repercurtiu na mídia “oficial” da internet, que se resumiu à divulgar notas lacônicas e mal humoradas, de dois parágrafos, reclamando da interrupção do trânsito.